Pronnus Tecnologia

Criptografia AES-256: O Padrão de Criptografia Inquebrável

Com o aumento das ameaças cibernéticas, a necessidade de métodos de criptografia robustos nunca foi tão crítica. A criptografia AES-256 se destaca como um padrão altamente respeitado e amplamente utilizado. Neste artigo, exploraremos o conceito da criptografia AES-256, como ela funciona e onde é aplicada.

Entendendo a Criptografia

Em resumo, a criptografia converte informações em um código secreto para evitar acesso não autorizado. Ou seja, ela transforma um texto simples em um texto cifrado. Imagine esse processo como se fosse um cadeado digital: ele transforma um texto normal em um texto codificado, mantendo os dados seguros em diversas plataformas. É como se fosse a fechadura digital guardando os segredos do texto! A força da criptografia varia de acordo com o comprimento da chave, número de rodadas e segurança da cifra.

criptografia de dados

O Algoritmo de Criptografia Avançada (AES)

O AES é um padrão de criptografia amplamente reconhecido e utilizado, e possui três tipos de ciframento: AES-128, AES-192 e AES-256. A principal diferença entre elas reside no tamanho da chave e no número de rodadas de criptografia realizadas.

AES-128: Usa uma chave de 128 bits e realiza 10 rodadas de criptografia. Apesar de ser o mais rápido entre os três, oferece o menor nível de segurança, mas ainda assim é robusto para a maioria das aplicações.

AES-192: Com uma chave de 192 bits, esta versão realiza 12 rodadas de criptografia. Oferece um nível intermediário de segurança, equilibrando eficácia e eficiência.

AES-256: O mais seguro dos três, utiliza uma chave de 256 bits e realiza 14 rodadas de criptografia. Com a tecnologia que temos hoje, consideramos essa versão praticamente inquebrável. Isso faz da AES-256 a escolha preferida para situações que exigem alta confidencialidade e segurança.

Funcionamento Básico do AES-256

Criptografia Simétrica: Usamos a mesma chave para criptografar e descriptografar dados. Diferente da criptografia assimétrica, onde chaves diferentes (uma pública e uma privada) são usadas.

256 bits de Segurança: A chave de 256 bits oferece um nível extraordinariamente alto de segurança. Com 2 256 combinações possíveis, é virtualmente imune a ataques de força bruta.

Processo de Criptografia: 14 rodadas de substituição, permutação e mistura de dados, tornando a informação original indecifrável sem a chave correta.

Qual a razão por trás da indecifrável natureza do AES-256?

O AES-256 é um algoritmo de criptografia por blocos, ou seja, ele criptografa dados em blocos de um tamanho específico – neste caso, 128 bits. Não importa o quão grande seja o texto original, a gente divide ele em blocos de 128 bits, e cada bloco ganha sua própria camada de criptografia. É como se cortássemos o texto em pedacinhos e desse a cada pedaço seu próprio escudo de proteção.

Este sistema de criptografia inclui variações como AES-128, AES-192 e AES-256, onde os números indicam a quantidade de bits utilizados na chave para cada bloco de criptografia e descriptografia. A complexidade aumenta exponencialmente a cada bit adicional. Por exemplo: uma chave de 256 bits representa 2 elevado à 256ª potência. Um número extraordinariamente grande de combinações possíveis de chaves.

Além disso, cada tamanho de chave exige um número específico de etapas de processamento. Definimos essas ‘etapas’ como a transformação de um texto simples em um texto cifrado. No caso do AES-256, são necessárias 14 etapas. Portanto, a probabilidade de um invasor conseguir descobrir a sequência exata de uma chave de 2256 bits que passou por 14 diferentes é praticamente impossível.

Leia também: Porque investir em cibersegurança?

Aplicações Práticas do AES-256

O AES-256 é amplamente usado em diversas tecnologias, desde criptografia de arquivos até protocolos de segurança em redes. Alguns usos incluem:

Segurança na Internet: O AES-256 é crucial para proteger dados transmitidos pela Internet, por isso é frequentemente utilizado em protocolos como HTTPS.

VPN: Redes Privadas Virtuais (VPNs) também utilizam o AES-256 para assegurar a privacidade e a integridade dos dados transmitidos.

Setor financeiro: Bancos e instituições financeiras dependem do AES-256 para a segurança das transações e informações dos clientes.

Sistemas de Backup em Nuvem: Serviços de armazenamento em nuvem empregam AES-256 para garantir que os dados dos usuários permaneçam privados e seguros. A solução de backup da Pronnus conta com esse tipo de criptografia.

Criptografia de Disco: Muitos sistemas operacionais usam AES-256 para criptografia de disco completo, protegendo os dados armazenados em dispositivos.

Comunicação Segura: Smartphones e aplicativos de mensagens usam AES-256 para proteger a privacidade das comunicações.

Priorizando a Segurança das Informações

Garantir a proteção e a continuidade dos negócios tornou-se mais crucial do que nunca nos dias de hoje. No entanto, as soluções de segurança convencionais podem não ser totalmente eficazes contra as ameaças cibernéticas mais sofisticadas. Além disso, a estratégia padrão de utilizar várias ferramentas, incluindo backup, automação de patches, antimalware e gerenciamento de configurações, pode ser complexa e, muitas vezes, mostrar-se ineficiente.

Proteção de dados

Conte com a Pronnus para apoiar na estratégia de segurança cibernética da sua empresa. Nossa solução combina a proteção dos dados com segurança cibernética, reduzindo a complexidade. Dessa forma, conseguimos otimizar a eficiência operacional, enquanto, ao mesmo tempo, contribuímos para a redução de custos da sua empresa.

Entre em contato e entenda como podemos ajudar na estratégia de segurança digital da sua empresa.

Últimas Notícias

Receba nossos
conteúdos gratuitamente
Deixe sua mensagem que logo entraremos em contato!